terça-feira, 24 de julho de 2012

Um mês depois do primeiro post a falar da história da Bia

  • Houve pessoas que me enviaram e-mails a garantir que se tinham inscrito como dadores de medula óssea;
  • A família da Bia recebeu um "pé-de-meia" generoso da comunidade quadripolar, que ajudou a fazer face às despesas do mês;
  • Criou-se um apartado postal para onde as pessoas têm enviado contribuições em espécie;
  • A revista Nova Gente desta semana publicou uma reportagem de três páginas sobre a história da Bia;
  • O Guilherme nasceu às 34 semanas. Continua internado à espera de conseguir aprender o movimento de sucção. Aguarda-se os resultados de compatibilidade das células do seu cordão umbilical;
  • Criou-se um movimento de entre-ajuda inimaginável;
  • A Bia conheceu o Paulo Sousa Costa, a Carla Matadinho e a bebé Letícia. A família foi portadora de uma encomenda de bens reunidos por um grupo de pessoas generosas e, aproveitando a ocasião, ofereceu o livro do Paulo autografado, gesto que muito comoveu a mãe da Bia;
  •  Amanhã a Bia e a mãe estarão presentes no programa "A tarde é sua", na TVI, apelando para uma maior inscrição de dadores de medula óssea;
  • As minhas amigas Eunice e Sónia foram incansáveis na divulgação da história da Bia. Assim como a blogosfera em peso. Fico comovida que a "crise" ainda não tenha corrompido a generosidade de todos;
  • A Bia está transformada numa irmã babada e participativa. Um mimo que só ela; 
  • Eu ainda tenho a m(Ana) da Bia na barriga. E o kit de recolha de células do cordão umbilical já ali está, à espera que ela nasça, e renove a esperança da Bia. Desta ou de qualquer Bia que precise. 

20 comentários:

Ana disse...

24 semanas? Na revista Nova Gente falava-se em 34 semanas e lembro-me perfeitamente de, assim, ter ficado descansada...

Queen of Hearts disse...

Já nasceu o mano? :) Que bom,embora com 24 semanas seja tão, mas tão pequenino... ele está bem?

Um beijinho à Bia e família

Pólo Norte disse...

Foi erro de digitação! O Gui nasceu ás 34 semanas!!!

notasdalma disse...

Fantástico! E, assim, se move o mundo!

Ana Santos disse...

Pólo, tenho muita coisa para dar a essa querida família, fraldas, soro, toalhitas, biberãos por usar, tetinas, cremes... Contudo, o € que vou gastar ao enviar para o apartado, ainda vai ser algum... Pessoalmente preferia agarrar nesse dinheiro e comprar mais coisinhas para ajudar... Ao invés de gastar em ctt.. Será possível combinar um dia, que dê jeito, no hospital, por exemplo? Caso contrário segue para o apartado, claro! Obrigada

Lois Lane disse...

:D :D :D É bom saber que podemos contribuir para ajudar alguém! :)

Vera disse...

Um grande viva para todos "nós"! :) Estou mortinha para saber o resultado da compatibilidade do Guilherme e para ele sair do hospital...

Queen of Hearts disse...

Ah,bom! Não queria ser "má onda" e perguntar directamente o que me passou pela cabeça quando li 24 semanas! Não é que fizesse muito sentido, mas a gente às vezes sabe lá. Assim já fico mais descansada. O que importa é que esteja tudo bem.

Marisa disse...

Só tu consegues por esta blogosfera em movimento!!! E num movimento fantástico e solidário.
Bjinho :)

Anita Garcia disse...

Imagina se não tivesses sido internada... O mundo move-se de estranhas formas...

Ana disse...

Ainda bem que foi 34 semanas, porque as células do cordão umbilical, às 24 semanas não iam ser possíveis recolher, à partida!
Esperemos que tudo corra bem! eu já estou inscrita como dadora há uns anos e o meu marido foi chamado há pouco para fazer testes de compatibilidade! Espero que consiga ser a esperança para alguma Bia!

Ana disse...

Ufa, Pólo! Assim, sim! :-)

Lipa disse...

E assim se faz a diferença! :)

Imensidão dos dias disse...

E tem sido maravilhoso ver todo este movimento à volta da Bia. A ti, o meu obrigada por nos deixares ajudar :)

S* disse...

Graças a Deus. :)

Kim III disse...

Muito bem :)

Mammy disse...

Boa! Fico sinceramente feliz!
Era giro que fossem as células do teu cordão que a ajudassem... A tua m(Ana) seria uma verdadeira mana! ;)
Beijinhos

Benedita disse...

Que bom que tudo correu pelo melhor. Agora, com mais um bocadinho de sorte, no cordão da mamã, ou no cordão da m(Ana), estará a resposta à cura da Bia.
Beijocas

Humildevaidade disse...

Parabéns pelo que a Bia e a mãe têm conseguido, o que tu tens conseguido e de um modo geral o que toda a gente que se envolveu tem conseguido fazer para melhorar a vida da Bia e daquela mãe guerreira! Sou dadora (é rápido e não dói) já há anos e ando sempre em propaganda... cabe-nos a todos renovar a esperança da Bia todos os dias. Graças a ti, é como se a Bia fosse família e torço por ela todos os dias :) um abraço e obrigada por não seres só mais uma neste mundo.

Isabel Ferreira disse...

Olá!Soube da historia da Bea atraves do programa de ontem da TVI sou emigrante em Andorra e aqui nao existe banco de medula,temos de deslocar nos a Barcelona e existe falta de informacao,assim,estou a espera das minhas ferias para ir a Portugal e inscrever me como doadora de medula.Esta vontade nao surgiu agora ja ha algum tempo que tenho ideia de fazer lo mas depois de ouvir esta mae...e ver esta menina lindissima nao tenho duvidas.Eu tambem sou ame de uma princesa de quase 3 aninhos por isso o programa de ontem me deixou de rastos,chorei tanto...forca a esta familia...infelizmente economicamente nao posso ajudar mas vou divulgar esta historia e apelar ao coracao de todos os que conheco...salvaremos esta Bea e muitas mais por este mundo fora.Um abraco grande a todos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...